SILÊNCIO FALADO

quarta-feira, dezembro 22, 2004


Desejo um feliz Natal a todos!!! Posted by Hello
posted by elisa, 22:23 < | link | 6 comments |

sábado, dezembro 18, 2004

Altos voos


Têm na pele, a memória dos corpos,
das danças e das partilhas.
No sorriso, os beijos e no coração a alegria.
Têm no olhar, o infinito do horizonte e os limites do universo.
Na alma, a liberdade... Posted by Hello
posted by elisa, 21:10 < | link | 5 comments |

segunda-feira, dezembro 13, 2004

Desencontros

Posso ter-me desencontrado de mim própria. Ou de ti.
De tanto gritar em silêncio terei ficado surda? Não oiço mais a tua parte em mim, nem a minha em ti.
Mas o que vejo é-me familiar. Tão familiar como a pedra em que tropeço todas as manhãs, como o canto da parede que nunca prevejo.
Vejo-te mas não te oiço.
Não te sinto. Mas sinto.
Uma raiva, um ódio que não quero. De ti? Não pode ser, não te oiço.
Dos desencontros da vida...


posted by elisa, 14:19 < | link | 4 comments |

quinta-feira, dezembro 09, 2004

No meu tempo...

- E a independência, a emancipação e a luta pelos direitos da mulher?
Parou de bater os ovos. Levantou os olhos azúis e cravou-os nos meus. Sentou-se, mandou-me sentar e com os cotovelos enrugados pousados no tampo frio de mármore da mesa falou-me de tempos idos. ..tempos diferentes. Disse-me que achava muito bem à independência, à emancipação e à luta pelos direitos da mulher e que por vezes sentia alguma inveja da vida livre e moderna das mulheres de hoje. Corou um pouco...talvez se tivesse divertido mais se na altura também se pudesse evitar que as barrigas crescessem....
Fez uma pausa e encolhendo os ombros disse-me que, mesmo assim, não percebia o que movia as mulheres e os homens de hoje.
- No meu tempo era tudo bem mais simples. Uma mulher queria um homem que tomasse conta dela e um homem queria uma mulher que tomasse conta dele.
Assegurou que o amor e a paixão viriam com o passar dos dias partilhados. Ora, não tinha ela casado com um perfeito estranho que amava hoje mais do que ontem e certamente menos que amanhã?
Soltou-se me uma interjeição céptica, renitente que a fez suspirar novamente.
- Filha, no meu tempo era assim, agora não sei. Que me dizes?


posted by elisa, 10:16 < | link | 2 comments |

domingo, dezembro 05, 2004

Domingo de sol

Hoje os raios de sol acordaram-me, pousando nas minhas pálpebras beijos quentes. Entrabri os olhos e vi no azul do céu um convite.
Tenho encontro marcado não posso por isso demorar-me mas ouvi dizer que o convite a todos se estendia.
Bom domingo de sol!
posted by elisa, 14:28 < | link | 4 comments |

quinta-feira, dezembro 02, 2004

Antes do anoitecer...

Hoje fui pela primeira vez sozinha ao cinema.
E que estreia a minha! Cheguei a casa ainda tremendo, de olhos húmidos e coração acelerado depois de ter mergulhado no filme, sozinha e portanto de corpo e alma.

Tinha ainda na lembrança algumas imagens marcantes de "Antes do amanhecer", a história do encontro mágico entre Jesse e Cécile. Tinham então vinte e poucos anos.
Ver o reencontro deles nove anos mais tarde, nove anos de duas vida não partilhadas mas ligadas pelo fio invísivel das recordações, vê-los com a compostura e a fragilidade dos trinta foi bastante intenso para mim...adorei o diálogo, a naturalidade da conversa..tudo o que foi dito mexeu comigo e mais ainda o que ficou nas entrelinhas.Como dizem os franceses "J'en suis toute chose"!
Sem esquecer Paris que desempenha um papel bem relevante que vai para além do pano de fundo.

Enfim que dizer mais... Amei

posted by elisa, 22:38 < | link | 3 comments |

quarta-feira, dezembro 01, 2004

Desconhecido

Queira meu corpo mover-se na mesma direcção do que o teu,
debaixo do mesmo sol e da mesma lua
que apenas eu conheço e encontro todos os dias
perdidos na minha vida

Que o mundo não te afaste por qualquer razão,
e não te perca no meio da multidão...


posted by elisa, 21:14 < | link | 2 comments |